PT | EN
SPAM
Estatísticas de alojamentos
Configuração do correio electrónico
Criação de ficheiro para acesso offline/backup de emails
Transferência de Alojamento
Webmail
Passos para a configuração do servidor SMTP de Newsletters
Área de Parceiros
Manuais
Utilizador:
host@plako
cms@plako
intra@plako
sms@plako
Técnico:
host@plako
web@plako
cms@plako
Project
SPAM - Manual do Utilizador

Atualmente existem vários sistemas bastante diferentes para marcação de uma mensagem como sendo SPAM:
  • Os sistemas mais fechados / proprietários referem-se aos associados a empresas tais como Microsoft, Google ou Yahoo! (outlook.com, msn.com, hotmail.com, gmail.com, yahoo.com). Onde, de forma simples, a marcação é realizada por recolha de apreciações por parte dos utilizadores. Desta forma, se um conjunto de diferentes utilizadores marcarem uma mensagem como SPAM, muito provavelmente, será marcada como SPAM para todos os restantes utilizadores que recebam essa mesma mensagem. Este comportamento é repercutido em envios subsequentes pelo que, o mais certo é que todos os novos envios sejam novamente marcados como SPAM. A etiquetagem é feita não com base no IP do servidor emissor, mas sim pelo domínio. Pelo que, é prática comum utilizar um domínio diferente para realizar os envios, por forma a evitar que, por qualquer avaliação incorreta, o domínio principal da empresa fique bloqueado nestes serviços. Na Plako dispomos também de um sistema de análise de mensagens marcadas como SPAM por parte dos utilizadores quando denunciados através do webmail do Horde. Por esse motivo, alertamos para o facto de que todas as mensagens que são consideradas SPAM através desta aplicação são lidas pela equipa de suporte da Plako. Se o objetivo é remover uma mensagem de correio eletrónico, deverão utilizar a opção de remoção e não de marcação como SPAM.

  • Uma outra técnica que tem vindo a ser muito utilizada para tentar bloquear o envio de SPAM prende-se com o recurso às chamadas "Listas Cinzentas". Nestas, o IP do servidor de emissão só consegue enviar X mensagens por hora / período de minutos para determinado servidor destino (Gmail/Hotmail por exemplo). A partir desse intervalo são rejeitados envios durante determinado período. Somente se o servidor emissor tentar novamente o reenvio é que esta poderá ser realmente entregue. Tal comportamento deve-se ao facto da generalidade dos sistemas de SPAM existentes não procederem ao reenvio quando a mensagem é rejeitada por parte do servidor destino. A Plako, como a generalidade dos principais serviços de emails, também utiliza esta estratégia como forma de bloqueio de SPAM, e por esse motivo é que, com alguma frequência, surgem mensagens não lidas, recepcionadas após a leitura de outras mensagens recebidas após esta. Esse comportamento é normal e pode indiciar que o servidor destino foi bloqueado por envio de um elevado número de mensagens num curto período. De igual forma, quando planear proceder ao envio de uma newsletter, deverá ter em conta que, muito raramente, todas as mensagens são imediatamente entregues, uma vez que, conforme referido, muitos servidores poderão bloquear / limitar o número de mensagens que serão aceites por período.

© Copyright 2004- Plako